Descomplicando a Meditação: Guia Completo para Começar Hoje Mesmo

Mulher sentada em um sofá, na posição de lótus, para meditação
Jovem sentada em um tapete de ginástica com as pernas cruzadas e as mãos unidas em frente ao corpo. Seus olhos estão fechados, em sinal de concentração e meditação.

Você já praticou meditação? Meditar pode até soar como algo reservado para monges budistas em retiros espirituais nas montanhas, mas a verdade é que qualquer pessoa pode aprender a meditar e aproveitar os seus incríveis benefícios. 

Neste guia completo e descomplicado, vamos desvendar os mistérios da meditação e mostrar como você pode começar a meditar de forma eficaz hoje mesmo, não importa quem você seja.

Afinal, o que é meditação?

Meditar não é sobre flutuar no ar ou esvaziar completamente a mente e sim, sobre encontrar um momento de paz interior e clareza mental. É como um spa para sua mente, um momento de relaxamento e rejuvenescimento. 

A meditação é uma prática milenar que nos ajuda a acalmar a mente e encontrar paz interior. Quando meditamos, geralmente sentamos ou deitamos confortavelmente, fechamos os olhos e concentramos nossa atenção em algo específico, como a nossa respiração ou um mantra, que é uma palavra ou frase repetida suavemente. 

Isso nos ajuda a desligar os pensamentos constantes que muitas vezes nos deixam estressados e ansiosos. A meditação é como um treinamento para a mente, nos ensinando a permanecer presentes no momento e a lidar melhor com o estresse do dia a dia. 

Muitas pessoas relatam que se sentem mais relaxadas e equilibradas ao praticar a meditação regularmente,o que a torna uma ferramenta valiosa (e gratuita) para melhorar o bem-estar mental e emocional.

Como praticar a meditação

Mulher sentada em posição de lótus, conhecida como uma das utilizadas para a prática de meditação.

Agora que você já sabe de maneira simples o que é a meditação, chegou a hora de descomplicar essa prática! Você vai aprender os sete passos para incluir a prática em sua rotina diária e aproveitar todos os seus benefícios!

Continue acompanhando este artigo e veja como a prática da meditação pode ser simples e descomplicada mesmo para iniciantes!

Passo 1: Encontre um Lugar Tranquilo

Em primeiro lugar, vale dizer que você não precisa de uma caverna nos Himalaias ou uma montanha budista!  Qualquer lugar tranquilo em sua casa serve, desde que você possa ficar sozinho (a) e não haja interrupções.

Desligue os dispositivos eletrônicos e escolha um local confortável para se acomodar. Pode ser uma cadeira, um tapete no chão ou até mesmo a sua cama.

O importante é que você consiga ficar totalmente confortável, que tenha silêncio e que não tenha movimentação de pessoas ou animais. Você vai precisar ficar alguns instantes em concentração para começar. 

Passo 2: A Postura Correta

Sente-se de forma confortável, com a coluna bem reta, para não ter desconforto ou formigamentos. 

Muitas pessoas usam aquela posição tradicional conhecida como posição de lótus, com as pernas cruzadas, mas não precisa ficar exatamente nessa posição se não quiser. 

As mãos podem repousar sobre as pernas ou no colo ou você pode apoiar como preferir, mas lembre-se de que o mais importante é estar confortável. 

Você também pode praticar meditação deitado (a), embora seja mais fácil acabar pegando no sono durante a prática. Se isso não for um problema, deitar de barriga para cima, com as mãos estendidas ao lado do corpo e as pernas afastadas é uma ótima posição para meditar. 

Passo 3: Respire Naturalmente

Homem sentado em meio a uma plantação, com olhos fechados, concentrado.

Enfim, chegou a hora de começar e a meditação começa com a respiração ritmada e concentrada. Para isso, feche os olhos e respire profundamente pelo nariz, soltando o ar suavemente pela boca entreaberta. 

Sinta o ar entrando e saindo, concentrando-se apenas na respiração nesse momento. É importante não forçar a respiração, mas focar em observar a movimentação natural do processo, sentir o processo de maneira natural e concentrada.

Você pode usar um esquema de contagem se ficar difícil se concentrar apenas na respiração. Experimente contar até 4 na inspiração, segurar por 4 segundos e depois soltar lentamente contando até 4. 

Essa pausa segurando a respiração não precisa ser feita muitas vezes, de três a cinco vezes é o suficiente para você retomar a concentração para a respiração e focar novamente na respiração, caso perca o foco. 

Passo 4: Mantenha o Foco

Sua mente vai se dispensar, principalmente nas primeiras tentativas, e isso é absolutamente normal. Não se repreenda, não se culpe e não fique desapontado com você ou com a prática.
Quando perceber que sua mente está vagando, gentilmente traga sua atenção de volta à respiração, use o passo anterior para isso e faça respirações contadas. Não se culpe, é parte natural do processo.

Passo 5: Comece com Pequenas Sessões

Se você nunca meditou, saiba que a meditação, assim como tudo na vida, é uma questão de prática gradativa. 

Para facilitar, comece com sessões curtas, de 5 a 10 minutos. À medida que você se acostuma, você pode aumentar o tempo. 

Lembre-se sempre que o mais importante é a consistência, não a duração da prática, portanto, pratique todo dia mesmo que por alguns minutos apenas. 

Cada vez que você praticar, sentirá mais os efeitos e ficará mais eficiente em se concentrar e aproveitar esse momento. 

Passo 6: Use Ajuda se Precisar

Meditar com música suave específica ou adotar os áudios de meditações guiadas pode ser útil, especialmente para iniciantes. 

Existem muitos aplicativos e vídeos disponíveis para ajudá-lo, inclusive, muitos vídeos gratuitos estão disponíveis no youtube para te ajudar na prática.

Abaixo você encontra uma ótima opção de meditação guiada curta, excelente opção para quem está começando. Ao final deste artigo você também vai encontrar uma ótima opção de meditação guiada mais longa para experimentar em um momento que estiver com mais tempo e prática. 

Meditação guiada de 10 minutos para começar o dia

Passo 7: Seja Paciente Consigo Mesmo

Por fim, é muito importante destacar que a meditação não é uma corrida, muito pelo contrário, é uma jornada de paciência. 

Você não precisa ter uma mente vazia instantaneamente e provavelmente nem vai conseguir sentir a entrega completa nas primeiras vezes que fizer. 

A prática constante é o segredo para colher os benefícios, mas quem insiste afirma que vale muito a pena. 

Afinal, essa é uma prática que está ao alcance de todos hoje e pode ser feita de maneira gratuita, sem equipamentos, além de trazer benefícios incríveis para sua saúde física e mental.

Benefícios da Meditação

E falando em benefícios, chegou a hora de conhecer o que você pode esperar adotando a prática da meditação em sua vida. 

Agora que você já sabe como meditar, veja a seguir alguns dos incríveis benefícios que você pode esperar:

  • Redução do Estresse: A meditação é uma das melhores maneiras de aliviar o estresse. Ajuda a acalmar a mente, reduzindo os níveis de cortisol, o hormônio do estresse.
  • Melhora na Concentração: A meditação fortalece sua capacidade de concentração e foco, o que pode ser útil em todas as áreas da vida.
  • Aumento da Criatividade: Ao acalmar a mente, a meditação pode liberar sua criatividade e ajudá-lo a encontrar soluções inovadoras para problemas.
  • Controle Emocional: A meditação ajuda a regular as emoções, permitindo que você responda às situações com calma e clareza.
  • Melhoria da Qualidade do Sono: Uma mente tranquila leva a um sono melhor. A meditação é eficaz no combate à insônia.
  • Autoconhecimento: Meditar permite que você se conheça melhor, entendendo suas reações e padrões de pensamento.

Dicas Finais para uma meditação eficaz

Mulher sentada em uma cadeira, de olhos fechados, meditando.

Agora que chegamos até aqui, você já pode pegar seus fones de ouvido, encontrar uma música ou meditação guiada do seu agrado e começar.
Não esqueça de seguir as seguintes dicas: 

  • Seja consistente: A chave para uma meditação eficaz é a prática regular. Reserve um tempo todos os dias, mesmo que seja apenas por alguns minutos.
  • Esteja aberto: A meditação é uma jornada pessoal. Esteja aberto para experimentar diferentes técnicas e encontrar o que funciona melhor para você.
  • Seja gentil consigo mesmo: Não se pressione para ter uma experiência perfeita. A meditação é uma habilidade que se desenvolve com o tempo.
  • Celebre o progresso: À medida que você avança em sua jornada de meditação, celebre seus sucessos, mesmo que sejam pequenos.

Meditar não é algo reservado apenas para monges budistas ou pessoas espirituais, pelo contrário, é uma prática benéfica e acessível a todos. 

Comece com pequenos passos, seja consistente e você logo colherá os benefícios dessa jornada de autodescoberta e tranquilidade. 

Descomplicar a meditação é o primeiro passo para uma vida mais equilibrada e serena. Experimente hoje mesmo!

Áudio de meditação guiada para cura física e emocional.
Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous Post
Mulher sentada sozinha na praia

Como superar a solidão: 10 passos simples

Next Post
Mulher com fones de ouvido, escrevendo e usando o notebook. Atividades que gostamos é uma ótima forma de relaxamento.

Relaxamento: 10 técnicas poderosas e acessíveis para qualquer pessoa

Related Posts