Comunicação interpessoal no mundo digital: desafios e soluções

Uma jovem interagindo no celular

Você já parou para pensar que no mundo digital estamos cada vez mais conectados? Bem, com tanta facilidade, é de se imaginar que a comunicação interpessoal se tornaria muito mais fácil, não é mesmo?

Tudo é simples e rápido. Se queremos falar com alguém, basta pegar o celular que nunca está longe da nossa mão. Com alguns toques na tela, podemos falar com pessoas de qualquer lugar do mundo instantaneamente. 

Mas ao mesmo tempo que o mundo digital trouxe tanta praticidade, uma série de desafios começaram a surgir na comunicação interpessoal. 

Falta de linguagem não verbal, ausência de sincronia nas conversas e excesso de informações são alguns dos desafios que surgem à medida que o digital se torna um caminho sem volta. 

Neste artigo vamos falar sobre esses desafios e entender seus impactos na maneira de comunicar, bem como vamos usar das ciências humanas para melhorar a comunicação na era digital. 

Continue a leitura e não perca!

O cérebro humano e a comunicação

Duas mulheres sentadas em um sofá conversando. A comunicação interpessoal é essencial para o ser humano.

Para começar a compreender os desafios da comunicação na era digital, vale dar uma espiada em como a neurociência e a psicologia definem o cérebro humano. 

Segundo a psicologia, o ser humano é extremamente sociável, tendo tendência natural para buscar e desenvolver relações sociais. Já a neurociência mostra que, ao se relacionar com outras pessoas, o cérebro pode produzir neurotransmissores que geram sensações e emoções positivas. 

Depois do isolamento social forçado causado pela pandemia da Covid-19 e do grande aumento das interações digitais por meio de aplicativos e redes sociais, no entanto, há uma mudança significativa nessas tendências. 

Isso porque apesar da grande habilidade social natural humana, eventos como esses podem dificultar a socialização e a interpretação de pistas sociais, o que invariavelmente leva a conflitos, mal-entendidos e até mesmo ao isolamento. 

Desafios da comunicação digital

Agora que você entendeu como as ciências humanas explicam a importância da comunicação interpessoal, vamos falar um pouco sobre os desafios que o mundo digital trouxe para nossa realidade. 

Falta da linguagem não verbal

A ausência da linguagem não verbal é um dos pontos que podem ser observados, principalmente na comunicação escrita. Elementos como gestos, tom de voz, expressão facial e corporal são muito importantes para complementar a comunicação. 

Muitas vezes, eles são essenciais até mesmo para a própria comunicação em si, falando mais do que as palavras. 

Já no mundo digital, sobretudo em aplicativos de mensagens escritas como whatsapp e emails, esses elementos não aparecem, o que pode dificultar o entendimento da mensagem. 

Comunicação sem sincronia

Que o uso das mensagens nas redes sociais, sms, e-mails e whatsapp tornou a comunicação mais fácil. No entanto, isso não garante uma resposta instantânea. 

Não é como pegar o telefone e fazer uma ligação, por exemplo, em que a interação será ativa e sincronizada. 

Essa espera por uma resposta pode causar ansiedade e preocupação, além de abrir margem para interpretações erradas sobre o que a outra pessoa está pensando ou fazendo. 

Excesso de informação

Por fim, o excesso de informação é mais um dos desafios que o mundo digital trouxe para a comunicação interpessoal. 

Isso porque as redes sociais não só oferecem a opção de interação direta através de mensagens, mas também um bombardeio de informações adicionais, entretenimento e propagandas, o que pode dificultar a concentração na interação. 

Provavelmente já aconteceu com você de entrar no Instagram para responder um amigo e acabar lá por vários minutos rolando o feed, enquanto o principal objetivo de conversar ficou em segundo plano. 

Isso pode acarretar em respostas vazias, falta de empatia e atenção e interações totalmente desprovidas de conexão. 

Soluções humanas para comunicação digital

Um homem sentado com um celular na mão. A comunicação interpessoal no mundo digital pode ter desafios e benefícios.

Muitos especialistas são radicais ao falar sobre as redes sociais e o mundo digital, pregando o total afastamento pelo bem da saúde mental. No entanto, nenhum extremo é positivo.

É impossível negar que as redes sociais trazem muitos pontos positivos, como a facilidade para se comunicar com as pessoas independentemente da distância.

Outro ponto positivo é que o mundo digital ampliou a capacidade de fazer negócios. Hoje o mundo digital traz consigo um amplo mercado de trabalho e um mar de possibilidades e oportunidades para todas as pessoas.

Por esse motivo, encontrar soluções humanas e aplicáveis para equilibrar o uso das mídias digitais é essencial. Veja a seguir algumas dicas que você pode começar a colocar em prática hoje mesmo e melhorar sua comunicação: 

Praticar a empatia

A empatia é a habilidade de procurar entender e respeitar as emoções e  sentimentos das pessoas. 

Embora a ausência da linguagem não verbal possa dificultar a clareza das mensagens, é importante levar em consideração que a intenção do outro nem sempre é o que estamos pensando. 

Portanto, vale abrir mão do julgamento através do pensamento próprio e abrir margem para que o outro possa se expressar, se explicar e se fazer entender pelo seu próprio ponto de vista. 

Usar emojis e emoticons

Essa é uma dica bem prática e que pode ajudar muito a complementar suas mensagens escritas. 

É claro que emojis e figurinhas não são uma substituição perfeita para a linguagem não verbal, já que é mecânica e manipulável.

No entanto, o uso sincero dessas ilustrações pode te ajudar a transmitir melhor as emoções durante a comunicação escrita. 

É o famoso “quebrar o gelo”. Se você precisa passar uma mensagem, use os emojis para ilustrar o que você está sentindo e melhorar a forma como a sua mensagem será interpretada. 

Mandar mensagens claras

Enviar mensagens claras e evitar duplo sentido é outra dica essencial para evitar mal-entendidos e conflitos. 

Procure formular mensagens claras e diretas e aqui vale dar uma lida atenta na mensagem antes de enviar, principalmente se for um assunto mais sério.

Em conversas mais sérias e que envolvam emoções profundas, procure priorizar a comunicação presente. 

Se não for possível, use os recursos de áudio e vídeo, pois eles incluem elementos de comunicação não verbal importantes para que sua mensagem seja interpretada corretamente. 

Estabelecer limites digitais

Embora o mundo das redes sociais e da comunicação digital seja realmente um caminho sem volta, estabelecer limites é importante, além de ser altamente recomendável para a saúde mental. 

Defina limites de tempo nos aplicativos de rede social e busque o hábito de desligar os dispositivos eletrônicos por algum período do dia. 

Isso é muito importante para evitar o bombardeio de informações constantes e o estresse digital. 

De maneira nenhuma leve o celular para momentos de interação pessoal presencial e evite também carregar o celular consigo o tempo todo, sobretudo em momentos de refeição ou de usar o banheiro.

Você não vai perder muita coisa ao ficar alguns minutos longe das redes e manter a cabeça vazia por alguns instantes é essencial para sua saúde emocional

Praticar a comunicação pessoal

Sim, o mundo digital é maravilhoso e repleto de oportunidades, mas nunca vai ser humanamente capaz de substituir o calor humano e a presença. 

Por isso, não deixe de praticar a comunicação presencial e não cometa o erro de substituir totalmente a conversa cara a cara pela interação online.

Se estar presencialmente com alguém não for possível, use os aplicativos de chamada de vídeo e voz com as pessoas especiais, faça ligações e tire um tempo para conversar como nos velhos tempos.

Melhor ainda, se puder, reserve um dia da semana para sair com amigos, com a família, deixando o celular bem longe e aproveitando os momentos de presença e afeto. Nada substitui essa conexão humana, não importa quanto tempo passe e o quanto o mundo digital evolua.  

Comunicação interpessoal com humanidade

Uma mulher sorrindo deitada em uma rede com o celular na mão.

Em tempos como hoje, não é possível negar que o mundo digital trouxe uma série de facilidades e benefícios para a comunicação interpessoal. No entanto, todo bônus traz um ônus e alguns desafios também surgiram e vão continuar surgindo. 

A boa notícia é que é totalmente possível aproveitar positivamente o mundo digital. Através da prática de empatia, do uso assertivo de recursos visuais, da clareza na comunicação, da definição de limites e do equilíbrio entre o digital e o presencial. 

Essas dicas são essenciais para manter a tecnologia trabalhando em favor da humanidade, mantendo a natureza comunicativa e sociável da essência humana. 

Assim, explorar com sabedoria esses recursos podem sim tornar a comunicação interpessoal mais eficiente. Afinal, a conexão social continua sendo uma das grandes necessidades humanas, mesmo em meio a modernidade do mundo digital.

5 atitudes para melhorar sua comunicação interpessoal – Vânia Marques
Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous Post
Notebook aberto com emails representando a comunicação escrita moderna

Comunicação escrita: 3 dicas para mensagens claras

Next Post
duas mulheres conversando em uma mesa.

A importância da escuta ativa no dia a dia

Related Posts